Margarethe Held

Alemanha, 1894 - 1981

Margarethe Held nasceu em 1894, em Mettingen, perto de Estugarda. Depois de se formar num colégio comercial, sustentou-se a si mesma através de trabalho administrativo. Em 1921 casou-se, mas após quatro anos perdeu o marido e, pouco depois, o seu pai. A partir dessa altura, começou a comunicar com espíritos, incluindo os dos membros falecidos da sua própria família. Em 1950, com cinquenta e seis anos de idade, começou a desenhar: quatrocentos desenhos em quatro meses todos determinados por espíritos. Retratos de pessoas falecidas, deuses, gnomos, fadas, demónios e extraterrestres a grafite e lápis de cor, bem como uma série de animais primitivos e flores celestiais. Em 1954, surgiram retratos de Jesus, Maria e também de Siwa. Os retratos individuais foram feitos principalmente em perfil de esquerda, outros foram feitos frontalmente. Em apenas uma pequena série representando amantes é que apareceram duas figuras numa única folha. Inicialmente, Margarethe Held desenhava a lápis, mais tarde começou a utilizar lápis de cera de cores. Em 1954 terminou abruptamente a sua atividade enquanto vidente artística. Registou as suas visões no livro Unkontrollierbares Universum [Uncontrollable Universe]. Além disso, sob a orientação de Siwa, surgiram volumosos textos sobre viagens a Júpiter e a outros planetas, para além de uma História da Criação.

Fonte: Delmes & Zander / Outsider Art Now