Misleidys Francisca Castillo Pedroso

Cuba, 1985

A família não tem a certeza da data exata, mas há alguns anos, Misleidys Francisca Castillo Pedroso começou a pintar figuras masculinas musculadas, em vários estados de nudez, em cartolina. Depois de cortar as figuras, instalava-as metodicamente por todo o apartamento, usando pedaços de fita adesiva cortados com precisão, espaçados uniformemente à volta da borda das figuras. Alguns dos homens tinham alguns centímetros de altura, enquanto outros se aproximavam de dois metros e quarenta centímetros, desde o chão até ao teto. Depois vieram as partes do corpo – mãos, pés e cabeças a flutuar livremente. Um dia, começou a pintar rostos e corpos, com cortes que revelavam tecidos e órgãos abstratos de cores vivas. Recentemente, começou a pintar figuras femininas em biquíni e grupos de cabeças que se juntam representando gerações, gémeos, famílias ou outras relações. O seu trabalho está em constante evolução.

Fonte: Institute 193